Desafios no setor de viveiros comprometem meta do Brasil no acordo de Paris

O Brasil enfrenta obstáculos significativos no setor de viveiros de mudas nativas que ameaçam seu compromisso no Acordo de Paris.

Para cumprir a meta de reflorestar 12 milhões de hectares até 2030, o país precisa aumentar drasticamente sua produção de mudas, alcançando 5,4 bilhões delas nesse período. No entanto, atualmente, o mercado produz apenas cerca de 300 milhões de mudas por ano, muito aquém do necessário.

Rodrigo Ciriello, colíder da Força-Tarefa Silvicultura de Nativas da Coalizão Brasil, enfatiza a falta de linhas de crédito específicas como um dos principais desafios.

LEIA MAIS

Na Semana do Meio Ambiente, Pernambuco lança programa de reflorestamento

Pernambuco celebra, a partir desta segunda-feira (3), a Semana do Meio Ambiente, em alusão ao Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho). Com uma programação que inclui palestras, oficinas, trilhas, workshops, mesas-redondas, exposições, anúncios estratégicos e premiações, o Estado também está se comprometendo com o lançamento do Movimento Plantar Juntos – programa de reflorestamento de Pernambuco, que recebe um investimento de R$ 150 milhões para o plantio de 4 milhões de árvores até 2026.

“Para nós, Dia do Meio Ambiente é todo dia. A Semana de Meio Ambiente é um momento especial, quando concentramos uma programação voltada à educação ambiental e à sensibilização dessa causa”, afirma o diretor presidente da Agência Estadual de Meio Ambiente, José de Anchieta dos Santos.

Programação do Meio Ambiente
O início da programação acontece na segunda-feira (3), com a oficina “Transformando Lixo em Dinheiro”, a partir das 9h, no Refúgio de Vida Silvestre (RVS) Gurjaú, no município do Cabo de Santo Agostinho. No mesmo dia, ainda pela manhã, o Parque Estadual Dois Irmãos promove um circuito ambiental com alunos da Escola de Referência em Ensino Médio Cândido Duarte, às 10h.

À tarde, a partir das 14h, haverá a cerimônia de entrega do prêmio Vasconcelos Sobrinho 2024, no auditório da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), no Derby, promovido pela Agência Estadual do Meio Ambiente (CPRH). No mesmo horário, os alunos da Escola de Referência em Ensino Médio Humberto Lins Barradas, no município do Jaboatão dos Guararapes, vivenciam Oficina de Letramento Climático.

“É uma honra fazermos parte deste momento, entregando o Prêmio Vasconcelos Sobrinho como reconhecimento do Governo do Estado a pessoas físicas e jurídicas pelo comprometimento com o nosso meio ambiente. Também reconheceremos oficialmente o empenho de pessoas que estão nessa luta conosco, entregando o Certificado Amigo e Amiga do Meio Ambiente”, afirmou o diretor presidente da Agência Estadual de Meio Ambiente, José de Anchieta dos Santos.

Na terça-feira (4), das 8h30 às 17h, o Governo de Pernambuco, em parceria com o ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade, com recursos do Future Fund do Under 2 Coalition, realizará o workshop “Pernambuco Fortalecendo Capacidades Locais para a Ação Climática”, no auditório do RioMar Trade Center, no Recife. Durante o encontro, que conta com a participação de prefeitos e secretários municipais, haverá a apresentação da ferramenta ClimaPE, plataforma que reúne dados climáticos de todos os municípios pernambucanos.

Plantar juntos
O momento chave da programação foi dedicado ao Dia Mundial do Meio Ambiente, 5 de junho, com o lançamento do Movimento Plantar Juntos, quando haverá o anúncio oficial do programa de reflorestamento de Pernambuco, que recebe um investimento de R$ 150 milhões para o plantio de 4 milhões de árvores até 2026.

“O Plantar Juntos é um movimento poderoso para reflorestamento de Pernambuco. Além da recuperação ambiental, o principal valor desse programa é unir toda a sociedade pernambucana – estado, municípios, empresas, cidadãos – em prol do plantio de árvores. Estamos convidando todo mundo para junto, para usarmos a tecnologia para facilitar as ações e monitorar esse trabalho”, sintetiza a secretária da Semas-PE, Ana Luiza Ferreira.

Durante a cerimônia, a secretária anuncia ainda o lançamento do aplicativo Plantar Juntos, plataforma que vai monitorar o plantio em todo o estado. O app tem como principal objetivo acompanhar o crescimento das mudas e monitorar a localização, as espécies e o quantitativo do que está sendo plantado. A ferramenta é gratuita e estará disponível para download no Play Store e no Apple Store a partir do dia 5 de junho.Na ocasião, haverá entrega dos certificados do Programa Selo Verde Pernambuco para as empresas que desempenham responsabilidade ambiental em suas ações. “Passamos muito tempo distanciados da importância da conservação ambiental e agora com as questões climáticas nos atingindo passamos a enxergar o meio ambiente como essencial para nossas vidas. O ser humano é indissociável do meio ambiente”, reforça a secretária.

JC

Prefeitura de Petrolina adere à campanha de defesa do Rio São Francisco

A bacia hidrográfica do Rio São Francisco é um verdadeiro tesouro cultural, abrigando uma riqueza incomparável de costumes e tradições.

Com o intuito de preservar a importância do nosso Velho Chico, a Prefeitura de Petrolina, através da Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA), aderiu à campanha realizada pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF).

A campanha ‘Eu viro Carranca para defender o Velho Chico’ está em sua 11ª edição e em 2024 tem como tema ‘Velho Chico: Revitalizar o rio, preservar riquezas’.

LEIA MAIS

Central do Sistema Campo Limpo em Petrolina contribui para a reciclagem e a preservação do meio ambiente

Gerido pelo Instituto Nacional De Processamento De Embalagens Vazias (inpEV), o Sistema Campo Limpo atua na logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas. Referência mundial, o programa possui uma de suas centrais localizada em Petrolina, onde recebe as embalagens de grandes produtores da região, conhecida como o polo da fruticultura irrigada.

“O nosso instituto tem o objetivo de atender a sociedade e de ser ambientalmente responsável pelas embalagens vazias de produtos agroquímicos no Brasil. Então, a importância disso é você retirar do campo materiais que iriam contaminar e gerar valor com eles através do processo de reciclagem. Nós geramos emprego e renda para os trabalhadores, geramos menos consumo de água e energia elétrica na produção de embalagens e temos também um redução da emissão de gases de efeito estufa devido aos processos de reciclagem”, explica Marcelo Okamura, diretor-presidente do inpEV.

Além do trabalho realizado com grandes produtores, o Sistema Campo Limpo também atua no recebimento de materiais dos pequenos produtores que não têm como se deslocar até os postos de recebimento. A ação conta com a parceria da Associação do Comércio Agropecuário do Vale do São Francisco (Acavasf). “Temos duas centrais em Pernambuco, mas existem outros postos que atendem a região. Fora o recebimento itinerante, que é muito forte na região de Petrolina com vários pontos de recebimento organizados pelo pessoal da Acavasf”, destaca o gerente de operações inpEV, Antonio Carlos Amaral.

O trabalho realizado em Pernambuco, também conta com a central localizada em Carpina, na zona da mata, que junto com Petrolina, que existe desde o inicio da operação do sistema em 2002, destinaram mais de 367 toneladas de embalagens vazias de defensivos agrícolas de forma ambientalmente correta no último ano.

As embalagens recebidas nas centrais do Sistema Campo Limpo passam por um processo de vistoria que avalia se os materiais não estão contaminados com os resíduos dos produtos químicos. Após a triagem, as peças que estiverem dentro dos padrões recomendados são prensadas e enviadas para São Paulo, onde são recicladas.No processo de seleção, realizado ainda nas centrais, as embalagens que apresentarem algum tipo de contaminação, são separadas das demais e encaminhadas para incineração, como forma de oferecer um destino seguro e preservar o meio ambiente.

De acordo com Marcelo Okamura, as ações realizadas pelo Sistema Campo Limpo confirmam a ideia de que o agronegócio pode ser sustentável, preservar o meio ambiente e também oferecer qualidade de vida para a população, através da geração de emprego, renda e conscientização. “O agronegócio está levando um avanço na qualidade de vida das pessoas pela geração de emprego e renda para essas comunidades. O agronegócio é hoje o maior fator de geração de renda para o país e o maior fator de geração de superávit da balança comercial do país. Então, geração de emprego, renda e educação para as pessoas”.

G1 Petrolina

Dia Nacional da Caatinga será celebrado em Petrolina com oficinas no Parque Municipal Josepha Coelho

(Foto: Internet)

O Dia Nacional da Caatinga é celebrado anualmente em 28 de abril. A data foi criada com o intuito de homenagear este bioma único e também conscientizar as pessoas sobre a importância da sua conservação para o equilíbrio ambiental.

Nessa sexta-feira (26), a Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA) realizará uma ação no Parque Municipal Josepha Coelho, na arena 02, às 9h, para comemorar a data.

LEIA MAIS

Brasil já perdeu 34 milhões dos 82,6 milhões de hectares da Caatinga

(Foto: Internet)

O Brasil já perdeu 34 milhões de hectares dos 82,6 milhões de hectares da Caatinga, alertou o presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Rodrigo Agostinho, durante a participação em um seminário técnico-científico sobre o bioma.

No encontro, que teve a participação da ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima, Marina Silva, ele apresentou os desafios para que a meta de desmatamento zero se estenda à vegetação nativa predominante no Nordeste brasileiro.

Agostinho destacou as características que apontam a necessidade de uma política pública específica para o bioma, como o alto grau de espécies exclusivas que já passaram por transformações pela atividade humana.

LEIA MAIS

Prefeitura lança o Projeto Escola Amiga da Árvore em escolas de Petrolina

A Prefeitura de Petrolina, através da Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA), continua seguindo firme com o compromisso de aumentar, ainda mais, a arborização do município.

Desta forma, a gestão municipal tem intensificando as ações do Programa Bora Arborizar. E, nesta terça-feira (9), a partir de uma parceria com a Secretaria de Educação, Cultura e Esporte, a AMMA lançou o Projeto Escola Amiga da Árvore, na Escola Municipal João Batista dos Santos.

LEIA MAIS

Operação combate degradação do Rio São Francisco no norte baiano

A Operação denominada FPI – Fiscalização Preventiva Integrada, em sua 48ª edição, foi realizada entre os dias 5 e 17 de novembro e as equipes estiveram em dez cidades do norte da Bahia. Vários crimes e irregularidades foram flagrados durante a operação que contou com a participação de 40 órgãos federais, estaduais e municipais, bem como entidades da área do meio ambiente.

LEIA MAIS

Após últimas análises de amostras de água, SAAE retoma abastecimento na região de Itamotinga

A Prefeitura Municipal de Juazeiro informa que, após as últimas análises das coletas de água da região de Itamotinga demonstrarem que o líquido se encontra dentro dos critérios de potabilidade e alcance dos padrões do Ministério da Saúde, o fornecimento nas comunidades foi retomado e está apto para consumo humano.

O abastecimento por carro-pipa terá continuidade até que o fornecimento, que é realizado de forma gradativa, seja normalizado.

Desde o ocorrido no último domingo (5), a Prefeitura de Juazeiro realizou inspeção e levantamento de dados e encaminhou aos órgãos competentes para a adoção das medidas cabíveis.

Defesa Civil de Juazeiro faz solicitação de emergência à Defesa Civil da Bahia para ajuda comunitária

A Defesa Civil, da Prefeitura de Juazeiro, vem realizando, em trabalho integrado com o Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE), uma força-tarefa de assistência à população das localidades de Guanhães, Pontal, Itamotinga e Maniçoba.

A assistência acontece desde o último domingo (5), quando surgiram centenas de peixes mortos por causa ainda desconhecida.  Para reforçar a assistência, a Defesa Civil do município emitiu um ofício à Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia, solicitando ajuda comunitária de água mineral para os distritos afetados.

LEIA MAIS

Análise de água realizada pelo SAAE na região de Itamotinga ainda contraindica consumo humano

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) comunica que, desde o incidente de mortalidade de peixes na área de Itamotinga no último domingo (5), tem coletado amostras da água e conduzido análises. Com base nas condições físico-químicas, a avaliação mais recente divulgada nesta quarta-feira (8) indica que a água ainda não está própria para consumo humano, mantendo-se a recomendação de evitar o uso.

O SAAE, em colaboração com a Defesa Civil, está em operação contínua para fornecer água às comunidades de Itamotinga, Maniçoba, Juremal e Carnaíba por meio de carros-pipa. A Prefeitura de Juazeiro está empenhada em uma ação conjunta para minimizar os impactos na população.

LEIA MAIS

Contaminação no Rio São Francisco mata mais de mil peixes em Juazeiro; 200 técnicos estão na cidade para investigar o caso

Mais de mil peixes apareceram mortos no Rio São Francisco, na região de Juazeiro, no norte da Bahia. Nesta terça-feira (7), 200 técnicos de diversos órgãos estão na cidade para identificar o que causou a contaminação das águas, já que uma análise inicial identificou que não se trata um de fenômeno natural.

O fornecimento de água nas comunidades ribeirinhas e rurais foi suspenso, e o abastecimento está sendo feito por carros-pipa, para evitar problemas aos consumidores. A orientação da Secretaria Municipal de Saúde é que as pessoas procurem uma unidade de saúde, caso tenham bebido a água contaminada.

LEIA MAIS

Instituto federal cria gerador que usa partículas quase invisíveis para recuperar área degradada do Rio São Francisco

Quase metade do esgoto no Brasil ainda é despejado sem nenhum tratamento na natureza. Por isso, chama a atenção uma tecnologia que está sendo usada em Pernambuco. Ela usa bolhas quase invisíveis para descontaminar a água.

A degradação transformou a área. Onde o rio passava há quatro anos, hoje o rastro de destruição se revela no assoreamento, flora reduzida e mau cheiro. A União dos Ribeirinhos e do Instituto Federal de Tecnologia vem semeando esperanças no Velho Chico. O instituto desenvolveu um gerador de nanobolhas, que usa o ozônio para despoluir as águas. A pesquisa custou R$ 100 mil.

LEIA MAIS

Carros-pipas abastecem comunidades onde surgiram peixes mortos

O Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE), juntamente com a Defesa Civil, têm buscado atender as comunidades afetadas através com carro-pipa, já que o abastecimento precisou ser interrompido.

Desde a segunda-feira (6), as comunidades de Guanhães, Itamotinga, Juremal, Carnaíba e Maniçoba recebem carros-pipa para consumo humano. Outras localidades da região também deverão receber água nesta quarta-feira (8).

LEIA MAIS

Juazeiro segue monitorando água nas localidades em que surgiram peixes mortos

Uma equipe técnica do Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE), da Prefeitura de Juazeiro, esteve na manhã de terça-feira (7) na comunidade de Guanhães, em Itamotinga, colhendo mais amostras de água para análises.

O monitoramento tem sido realizado diariamente desde que foi identificada a morte de peixes no trecho do Rio São Francisco na localidade. As amostras colhidas nesta terça-feira serão enviadas para exames mais detalhados com a finalidade de descobrir quais toxinas podem ter causado o problema.

LEIA MAIS
123