Rayssa Leal é campeã do skate street em Xangai, mas Brasil fica sem medalhas no park

Rayssa Leal teve novamente um desempenho impecável e provou o motivo que a faz ser o principal nome do País no skate. Mesmo já garantida nos Jogos Olímpicos de Paris-2024, a Fadinha venceu o Olympic Qualifier Séries de Xangai, na China. Ainda no street, Giovanni Viana não teve a mesma sorte e terminou em sétimo lugar

A brasileira dominou o dia do início ao fim. Na etapa de voltas, teve duas ótimas notas – 86,43 e 92,2 -, e disparou na liderança, onde não saiu mais. Nas manobras, teve três pontuações altas e confirmou a conquista com 274,89. Completaram o pódio as japonesas Liz Akama, com 274,35 e Coco Yoshizawa, com 257,73.No masculino, Giovanni Viana sofreu nas manobras e terminou na sétima posição, com 177,39 pontos. O título foi conquistado pelo americano Jagger Eaton, com 278,28, à frente do japonês Onodero Ginwoo, com 277,34, e do americano Chris Joslin, 275,34.

Sem medalhas no Park
Havia uma grande expectativa no skate park, que acabou não sendo confirmada. No feminino, Isadora Pacheco chegou a “beliscar” uma medalha, mas terminou na quarta posição, com 86,77 pontos. Outra brasileira na final, Dora Varella ficou em sexto, com 85,26.

A nota de corte ficou com a japonesa Yosozumi Sakura, com 87,02 pontos. O ouro foi da australiana Arisa Trew, com 91,16, seguido pela também japonesa Hiraki Kokona, 90,18.

O Brasil ainda teve três representantes no masculino, mas também ficou sem medalhas. A melhor atuação foi de Pedro Barros com um quinto lugar (88,96). Augusto Akio ficou em sétimo (73,04), enquanto que Luigi Cini terminou em oitavo (53,13).

O americano Tate Carew esteve impecável e conquistou o ouro com incríveis 93,33 pontos. A prata foi do australiano Keegan Palmer

Estadão

Mega-sena acumula e sorteia R$ 37 milhões na próxima terça-feira

Nenhuma aposta acertou as seis dezenas do concurso 2726 da Mega-sena, sorteado na noite de sábado (18). Com isso, o prêmio estimado para o próximo concurso, na terça-feira (21) é de R$ 37 milhões.

Os números sorteados no início da noite de ontem, em São Paulo, foram 27 – 45 – 49 – 53 0- 55 – 59.

A quina teve 48 apostas ganhadoras, e cada uma vai receber R$ 69.387. Já a quadra registrou 3.858 apostas vencedoras, e cada ganhador receberá um prêmio de R$ 1.233.

As apostas para o próximo concurso podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país ou pela internet.

O jogo simples, com seis dezenas marcadas, custa R$ 5.

Agência Brasil

Senador gasta com gasolina o suficiente para dar 5 voltas na Terra

Nos últimos 12 meses, o senador paulista Alexandre Giordano (MDB) gastou R$ 145,4 mil da cota parlamentar do Senado para abastecer quase 25 mil litros de combustível em postos de gasolina de São Paulo, volume suficiente para dar cinco voltas na Terra ou cruzar o Brasil, do Oiapoque ao Chuí, 45 vezes.

O levantamento foi feito pelo Metrópoles a partir da prestação de contas do parlamentar no Portal da Transparência do Senado e considerou o preço médio do litro da gasolina de R$ 5,87, registrado pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) na segunda semana de maio, e um consumo de 10 km por litro.

As contas apontam que os valores foram gastos em 21 postos de gasolina diferentes. A maior parte, R$ 69 mil, foi no Auto Posto Mirante, na zona norte de São Paulo, base eleitoral de Giordano. Já R$ 66 mil foram pagos ao Auto Posto Irmãos Miguel, estabelecimento da cidade de Morungaba, distante cerca de 480 quilômetros da capital.

Diário e Pernambuco (Com informações do Metrópole)

Governo do Estado envia cães para reforçar o trabalho dos bombeiros no RS

Embarcaram neste domingo (19) para o Rio Grande do Sul, dois cães com seus respectivos condutores, para auxiliar nas buscas por desaparecidos durante as enchentes que afetam o estado gaúcho.

Os dois binômios, como são conhecidos neste tipo de resgate, viajaram na madrugada de hoje e se juntaram aos outros militares que integram a Missão PE/RS dos bombeiros.

Segundo a corporação, os cães não tinham ido no mesmo dia que os outros bombeiros por orientação do Gabinete de Crise do RS, já que o nível da água estava muito alto.

“Mas, agora, baseados nas previsões climáticas futuras, a LIGABOM solicitou ao CBMPE, o emprego dos binômios de Pernambuco”, destacou a CBMPE por meio de nota.

Segundo a corporação, o sargento Adilson e o cão Hulk, além do cabo Gabriel e da cadela Ayla têm vasta experiência e certificações em situações de calamidade. Com destaque para a cadela Ayla e seu condutor, cabo Gabriel, que retornam ao Rio Grande do Sul, após terem participado de operações de busca no Estado, em setembro de 2023.

Reforço

Segundo os bombeiros, desde o dia 14, os militares pernambucanos iniciaram os trabalhos em solos gaúchos. Eles foram designados para atuar na região do Vale do Taquari, distante 120 quilômetros de Porto Alegre, e que realizam buscas por desaparecidos em Lajeado, Cruzeiro do Sul e outros municípios adjacentes.

Ainda segundo a corporação pernambucana, a coordenação do envio de tropas de outros Corpos de Bombeiros do Brasil está sendo realizada pelo Conselho Nacional de Bombeiros (LIGABOM), em contato direto com o Comando da Operação no Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul.

 

Diário de Pernambuco

Presidente da Anatel defende que órgão regule as plataformas digitais

O presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Carlos Manuel Baigorri, defendeu que o órgão tenha poderes para atuar como regulador e fiscalizador das plataformas digitais. Em audiência na Câmara, Baigorri disse que a agência já tem poder de polícia previsto em lei, mas sua atuação está restrita, por enquanto, às empresas de telecomunicação.

Ele explicou que durante as eleições de 2022, numa parceria com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a Anatel pôde atuar junto às operadoras de telecomunicação para tirar do ar o Telegram por conta de denúncias de disseminação de informações falsas. O dirigente da Anatel explicou que a agência não tem, no entanto, como atuar sobre postagem e perfis específicos.Baigorri acredita que a Anatel possa ganhar o status de atuação como supervisora das redes sociais. Segundo ele, não haveria necessidade de aumentar o orçamento da agência para que ela também pudesse cumprir esse novo papel.

“Nós entendemos que nós reunimos as condições para ser a agência responsável pela regulação não só do mercado de telecomunicações, mas do ambiente digital como um todo”, afirmou Baigorri.

Para o presidente da Anatel, falta responsabilização das redes sociais. E comparou que a imprensa tradicional pode ser responsabilizada pelo conteúdo que publica, mas as plataformas não. “Essa assimetria legal e regulatória é o primeiro elemento que propicia que qualquer coisa possa ser colocada na internet, nas redes sociais, independentemente de agredir a honra, a família, a integridade ou a própria vida de terceiros”, disse.

Estadão

Crise no RS faz Brasil importar arroz, que será vendido a R$ 4 o quilo

O governo federal, por meio da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), prepara-se para comprar, nesta terça-feira (21), o primeiro carregamento de arroz importado da safra 2023/2024. A compra foi decidida após perdas de produção no Rio Grande do Sul devido às chuvas.

Ao todo, serão adquiridas 104.035 toneladas do produto. O teto de gastos para a compra de arroz importado pelo governo é de R$ 416,14 milhões. O produto deve chegar à mesa do consumidor brasileiro por, no máximo, R$ 4 o quilo.

“O arroz que vamos comprar terá uma embalagem especial do governo federal e vai constar o preço que deve ser vendido ao consumidor. O preço máximo ao consumidor será de R$ 4 o quilo”, informa o presidente da Conab, Edegar Pretto.

Diário de Pernambuco

Cineasta Toni Venturi, de A Comédia Divina, morre aos 68 anos

O cineasta Toni Venturi morreu, nesse sábado (18), aos 68 anos. De acordo com as informações divulgadas pela família do realizador, ele faleceu após passar mal enquanto nadava em uma praia no litoral de São Paulo.

A informação da morte foi confirmada pela esposa do cineasta, a atriz Débora Duboc. A família estava em São Sebastião, no litoral de São Paulo, para passar o fim de semana.

“Informo aos colegas e amigos que o cineasta Toni Venturi faleceu na tarde de hoje, 18, aos 68 anos, na localidade de Barra do Una, no município de São Sebastião. Toni, sentiu-se mal enquanto nadava na praia local”, diz o trecho do comunicado.

Diário de Pernambuco

Jovens baianas desenvolvem pulseira localizadora para neurodivergentes e idosos com recursos reaproveitados

As estudantes baianas Ana Clara Cerqueira, Evelyn Rodrigues, naturais de Salvador e Rayka Ravena, de Jacobina, no norte do estado, desenvolveram uma pulseira localizadora para pessoas neurodivergentes e idosas. O projeto usa recursos tecnológicos reaproveitados, o que reduz o que valor de produção e o torna financeiramente viável.

As jovens estão no primeiro ano do ensino médio, têm entre 15 e 16 anos e são orientadas pelo professor Anderson Reis, do Centro Estadual de Educação Profissional em Tecnologia de Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador. Segundo Evelyn, a ideia surgiu a partir da convivência delas com uma pessoa com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

“Temos um colega com autismo que anda de bicicleta por 40 minutos para chegar na escola. Os pais, por conta do trabalho, não podem levar ele e sempre precisam ligar para a escola para saber se ele chegou bem. Por isso, pensamos em usar a tecnologia para melhorar a vida dessas pessoas “, contou Evelyn.

“Queremos ajudar as pessoas que não têm tanto poder econômico, que não têm condições de ter um relógio que já vem com essa função localizadora, como o smartwatch. Esses aparelhos são caros, por isso, fizemos um protótipo mais barato”, explicou Ana Clara.Ainda segundo a estudante, o projeto foi totalmente pensado para ser acessível, não somente no aspecto financeiro, já que parte dos recursos tecnológicos do processador que gera e armazena informações são reciclados.

As criadoras adaptaram o tamanho das letras e usaram cores suaves no layout das plataformas, para aumentar a adesão entre pessoas neurodivergentes. Além disso, a pulseira é feita de crochê, evitando alergias ao plástico e deixando o uso mais confortável.

G1 Bahia

Com dois a menos, Sport leva virada do Avaí no final e perde segunda consecutiva na Série B

Ficou no quase. Em jogo emocionante, o Sport conheceu sua segunda derrota nesta Série B. Neste sábado (18), na Arena de Pernambuco, o Rubro-negro perdeu de virada para o Avaí por 2 a 1, levando dois gols nos acréscimos da partida. Com o resultado, o Leão agora é o terceiro da classificação e pode ver o Santos abrir três pontos de diferença na liderança este domingo (19).

O Sport começou os trabalhos logo cedo. Aos cinco minutos, em cobrança de falta, Alan Ruiz abriu o placar com uma pancada no meio do gol. O meia contou com ajuda do goleiro César, que acabou indo mal na bola e não conseguiu evitar o gol. Após o gol, o que se viu foi uma partida com poucas chances para ambos os lados. Somente aos 20, a segunda finalização do jogo. Giovani arriscou de fora da área para o Avaí, mas a bola passou à esquerda do gol defendido por Caíque França.

Aos 32, o cenário começou a ficar dramático para o Sport. O autor do primeiro gol gol, Alan Ruiz, foi expulso após disputar a bola de cabeça e acabar deixando o braço no zagueiro Tiago, do Avaí. O meia tinha acabado de receber um amarelo em um lance anterior, antes de um escanteio, o que culminou na expulsão do argentino.

Com um a mais, era esperado que o Avaí tomasse as rédeas do jogo. Contudo, a primeira chance após a expulsão foi do Sport. Em contra-ataque, aos 37 minutos, Romarinho conduziu a bola até a entrada da área e tocou para Domínguez, na direita. O uruguaio viu Gustavo Coutinho livre na esquerda e tocou para o atacante, que finalizou fraco nas mãos do goleiro.

Na volta para o segundo tempo, um Avaí melhor. Em cinco minutos, duas oportunidades. Aos dois, em jogada pelo lado esquerdo da defesa do Sport, Poveda finalizou forte para fora. Aos quatro, em cruzamento pela esquerda, um bate e rebate na área. A bola sobrou para Poveda novamente, que finalizou no peito de Caíque França, fazendo grande defesa.

Soso então acionou Zé Roberto e Barletta aos 10 da segunda etapa. O ponta respondeu pouco tempo depois com um cruzamento para Romarinho, que dominou de cabeça e finalizou de bicicleta nas mãos do goleiro. Porém aos 18 minutos, mais outro drama para o Sport. Zé Roberto é expulso de forma direta após chegar dividindo forte com o zagueiro Roberto, do Avaí. A partir dali, o Sport teria que ser valente para segurar os Catarinenses até o final da partida.

E o Leão conseguiu segurar por muito tempo. A primeira chance clara após a segunda expulsão só veio aos 42. Poveda recebeu a bola na entrada da área e finalizou na trave para assustar os Rubro-negros. Porém, aos 47, o Avaí chegou ao empate. Em cruzamento de Marcos Vinícius na direita, Garcez subiu de cabeça e empatou a partida para os catarinenses.

Diante das circunstâncias, o empate ainda era bom para o Sport. Porém, a virada veio no penúltimo minuto. Aos 51, Jean Lucas chutou de fora da área e a bola entrou no cantinho do gol de Caíque França. 2 a 1 e o fim do que poderia ser una vitória épica para o Leão.

Ficha técnica

Sport 1
Caíque França; Pedro Lima, Rafael Thyere, Luciano Castán e Felipinho; Felipe (Fábio Matheus), Fabricio Domínguez (Fabinho), Alan Ruiz e Lucas Lima (Barletta); Romarinho (Titi Ortíz) e Gustavo Coutinho (Zé Roberto). Técnico: Mariano Soso.

Avaí 2
César; Marcos Vinícius, Gustavo Vilar (Ademilson), Tiago (Roberto) e Mário Sérgio; Ronaldo Henrique (Pedrinho), Willian Maranhão (João Paulo), Pedro Castro e Giovanni (Jean Lucas); Garcez Poveda. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

Local: Arena de Pernambuco (São Lourenço da Mata/PE)
Árbitro: Alex Gomes Stefano (RJ)
Assistentes: Luiz Cláudio Regazone e Daniel de Oliveira Alves Pereira (ambos do RJ)
VAR: Philip Georg Bennett (RJ)
Gols: Alan Ruíz aos 3 do 1T (S), Garcez aos 47 do 2T e Jean Lucas aos 51 do 2T (A)
Cartões amarelos: Alan Ruiz, Zé Roberto (S), Tiago, Ronaldo Henrique e Garcez (A)
Cartões vermelhos: Alan Ruiz e Zé Roberto (S

Folha PE

Devedores têm último fim de semana para aderir ao Desenrola Brasil

Os devedores de até R$ 20 mil que ganhem até dois salários mínimos ou sejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) têm o último fim de semana para renegociarem os débitos no Desenrola Brasil. O prazo de adesão à Faixa 1 do programa especial acaba nesta segunda-feira (20).

Dados do Ministério da Fazenda apontam que, até a semana passada, 14,75 milhões de pessoas já haviam renegociado cerca de R$ 51,7 bilhões em dívidas. Iniciada em outubro de 2023, a Faixa 1 engloba dívidas que tenham sido negativadas entre janeiro de 2019 e dezembro de 2022 e não podem ultrapassar o valor atualizado de R$ 20 mil cada (valor de cada dívida antes dos descontos do Desenrola).

Por meio do programa, os inadimplentes têm acesso a descontos de, em média, 83% sobre o valor das dívidas. Em algumas situações, segundo o ministério, o abatimento pode ultrapassar 96% do valor devido. Os pagamentos podem ser feitos à vista ou parcelados, sem entrada e em até 60 meses.

Na reta final do prazo para renegociação das dívidas, a pasta desmentiu duas fake news que circulam sobre o programa. Uma delas diz que, ao negociar as dívidas pelo Desenrola, o cidadão perde o benefício social. Outra, que a pessoa fica com o nome sujo nos sistemas do Banco Central.

“O Relatório de Empréstimos e Financiamentos do sistema Registrato do Banco Central não é um cadastro restritivo. Ele exibe o “extrato consolidado” das dívidas bancárias, empréstimos e financiamentos, tanto do que está em dia quanto do que está em atraso. Isso permite que o cidadão acompanhe, em um só lugar, todo o seu histórico financeiro e se previna contra golpes”, informa o ministério.

“Assim, as dívidas que forem negociadas no Desenrola para pagamento parcelado vão aparecer no extrato emitido pelo Banco Central, assim como outras dívidas bancárias, para que possam ser acompanhadas somente pelo cidadão. Os bancos não acessam os relatórios das pessoas; eles conseguem ver apenas as informações consolidadas, quando o cidadão autoriza esse acesso”, explica ainda o Ministério da Fazenda.

Entenda
Além de dívidas bancárias como cartão de crédito, também podem ser negociadas contas atrasadas de estabelecimentos de ensino, energia, água, telefonia e comércio varejista. A plataforma do Desenrola permite parcelar a renegociação inclusive com bancos nos quais a pessoa não tenha conta, permitindo escolher o que oferece a melhor taxa na opção de pagamento parcelado.

Para quem tem duas ou mais dívidas, mesmo que com diferentes credores, é possível juntar todos os débitos e fazer uma só negociação, pagando à vista em um único boleto ou Pix ou financiando o valor total no banco de preferência.

Para ter acesso ao Desenrola, é necessário ter uma conta Gov.br. Usuários de todos os tipos de contas – bronze, prata e ouro – podem visualizar as ofertas de negociação e parcelar o pagamento. Caso o cidadão opte por canais parceiros, não há necessidade de uso da conta Gov.br.

Agência Brasil

Homem morre e outro fica ferido após serem baleados em Nova

Descoberta, zona rural de Petrolina, no Sertão de Pernambuco. O crime aconteceu na noite da sexta-feira (17). De acordo com a Polícia Civil (PC), um homem de 25 anos morreu no local e o outro, de 27 anos, ficou ferido e foi levado para um hospital do município. O estado de saúde dele não foi divulgado.

O caso segue em investigação, ainda não se sabe a motivação e a identidade dos autores do crime.

G1 Petrolina

Raquel Lyra lança primeiras moradias do Minha Casa, Minha Vida FAR em Pernambuco com subsídio do Governo do Estado

A governadora Raquel Lyra lançou, neste sábado (18), em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, junto com o governo federal, os primeiros empreendimentos contratados no Brasil da nova seleção do programa Minha Casa Minha Vida Fundo de Arrendamento Residencial (MCMV FAR). São os habitacionais Baraúnas 1 e Baraúnas 2, localizados no bairro de Nova Caruaru, e que totalizam mais 480 unidades habitacionais disponibilizadas a famílias de baixa renda.

Além disso, o Governo do Estado, como mais uma ação do programa Morar Bem PE, vai garantir parcela zero no financiamento junto ao FAR. Assim, as famílias beneficiadas com os empreendimentos do programa federal não precisarão pagar parcelas. No dia em que a Capital do Agreste completa 167 anos, a governadora também anunciou a reabertura da Superintendência Regional da Caixa Econômica Federal em Caruaru. A iniciativa é fruto de uma articulação da gestão estadual junto à União.

“Os investimentos para mais moradias estão chegando a quem mais precisa e o programa Morar Bem Pernambuco tem trabalhado muito forte junto ao Minha Casa, Minha Vida. Com o primeiro projeto do Minha Casa, Minha Vida FAR em Pernambuco, demonstramos a capacidade de trabalho e de parceria do Estado. Tomamos a decisão de criar uma política de habitação, colocando recursos públicos da ordem de cerca de R$ 200 milhões para ajudar a alavancar esses investimentos. Em diversos municípios a gente apresentou terrenos do Governo de Pernambuco ao governo federal para poder garantir que esses habitacionais pudessem ser construídos no Estado”, afirmou a governadora Raquel Lyra.

Os habitacionais Baraúnas 1 e Baraúnas 2 lançados neste sábado terão, cada um deles, 240 unidades habitacionais de 43 metros quadrados, distribuídos em blocos de térreo e mais três andares, com quatro unidades por andar. São 16 apartamentos por bloco, compostos de sala, cozinha, banheiro, dois quartos, área de serviço e varanda. As unidades serão construídas pela e terão infraestrutura voltada para a primeira infância.O MCMV FAR procura beneficiar famílias com renda de até R$ 2.640.

Pelas regras do programa, as pessoas inscritas no Bolsa Família ou no Benefício de Prestação Continuada (BPC) são isentas de pagamento do financiamento habitacional. As outras que não têm isenção precisam arcar com as prestações mensais limitadas ao teto de R$ 330 durante cinco anos. São essas famílias que vão receber a ajuda de Pernambuco. O programa Morar Bem PE vai aportar até R$ 20 mil por unidade habitacional. Essa iniciativa vai garantir a moradia sem custo para todos os beneficiários.

“O programa Morar Bem PE vai garantir para as famílias que vão ocupar esse residencial e que já não fazem parte do Bolsa Família e do BPC o valor para quitar os seus apartamentos”, destacou a secretária de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Simone Nunes.

Parceria
“Lançamos em Caruaru as primeiras unidades com essa nova modelagem do Minha Casa Minha Vida em uma parceria importante do governo federal com o Governo do Estado e a prefeitura de Caruaru”, destacou a vice-presidente de Habitação da Caixa Econômica Federal, Inês Magalhães.

“Receber os primeiros empreendimentos MCMV FAR do Brasil nos dá uma grande responsabilidade. Agradecemos à governadora Raquel Lyra pela parceria”, falou o prefeito de Caruaru, Rodrigo Pinheiro.

Além da gestão pública, a parceria com a iniciativa privada é essencial para o desenvolvimento habitacional do Estado. “Vamos corresponder à confiança depositada na gente e entregar uma obra com qualidade. Um pedido especial que a gente recebeu do Governo do Estado foi incluir no projeto os equipamentos da primeira infância”, disse Carlos Areia, representante da construtora Global Premier, que será responsável pela obra.

JC Online

Tony Ramos apresenta melhora e é transferido para semi-intensiva

Tony Ramos está melhorando progressivamente e já recebeu alta do CTI neste sábado (18/5). A notícia foi confirmada pelo novo boletim médico, emitido pelo Hospital Samaritano Botafogo, onde o ator, de 75 anos, passou por cirurgia de drenagem de hematoma subdural (sangramento intracraniano) na última quinta-feira (16/5).

“O paciente Antônio de Carvalho Barbosa recebeu alta do CTI na data de hoje (sábado, 18/5). Encontra-se na Unidade semi-intensiva, está lúcido e apresenta melhora progressiva do quadro”, afirmou a nota dos especialistas.

Após o susto, a tranquilidade do sucesso da cirurgia. Foi assim que a esposa de Tony Ramos, Lidiane Barbosa definiu o momento atual. Ela, que é casada com o ator há quase 55 anos, conversou com uma equipe do SBT na porta do Hospital Samaritano Botafogo, na zona sul do Rio, e se mostrou bastante feliz com o estado de saúde dele.

Diário de Pernambuco

RS anuncia R$ 12 bilhões para reconstruir o estado após as chuvas

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, anunciou nesta sexta-feira (17) a criação do Plano Rio Grande, iniciativa estadual destinada a reparar os danos causados pelas consequências das fortes chuvas que atingiram o estado nas últimas semanas.

Segundo Leite, o projeto é abrangente e destinado “à reestruturação e reconstrução do estado”, e que exigirá a união de amplos setores da sociedade, além do apoio federal e da coordenação de esforços. “Queremos engajar o setor privado, a sociedade civil, as prefeituras, o governo federal, todos em torno de um grande plano de reconstrução do estado”, declarou Leite ao assegurar que, no âmbito estadual, a iniciativa envolverá a todas as secretarias e órgãos públicos, que atuarão sob a coordenação da nova Secretaria da Reconstrução Gaúcha.

“Este é um plano que não se limita a uma única secretaria. Não teremos divisões. A cooperação será fundamental, em todos os níveis”, acrescentou Leite, explicando que a nova secretaria será responsável por “gerenciar e revisar as soluções e instruir os processos das demais secretarias”.“Não é o caso de termos um compartimento, uma unidade que, sozinha, responderá pela reconstrução do estado. Vamos ter o alinhamento das ações em cada uma das secretarias, mas haverá nesta secretaria, um escritório de projetos. E caberá a ela promover o alinhamento e a transversalidade dos projetos com as secretarias finalísticas”, detalhou o governador.

Para garantir a efetividade das medidas, será criado o Fundo Plano Rio Grande (Funrigs), com um aporte inicial de R$ 12 bilhões provenientes do valor que o estado pagaria de dívidas com a União. O fundo também poderá receber recursos federais e emendas parlamentares.

Frentes
O Plano Rio Grande prevê ações em três frentes. Uma, de trabalho emergencial, com ações focadas no curto prazo, prioriza a assistência social, como o atendimento às pessoas afetadas pelas chuvas, especialmente as mais de 78 mil que precisaram deixar suas casas e buscar refúgio em abrigos públicos ou de entidades assistenciais.

A segunda frente, de reconstrução, envolve ações de médio prazo, como empreendimentos habitacionais, obras de infraestrutura e iniciativas que promovam a atividade econômica gaúcha. De acordo com Leite, técnicos do governo estimam que, nos próximos meses, o governo estadual deve deixar de recolher aos cofres públicos ao menos R$ 14 bilhões em tributos, em consequência da retração da atividade econômica.

A terceira frente do Plano Rio Grande prevê ações de longo prazo, como um plano de desenvolvimento econômico mais amplo, e será coordenada pelo próprio governador.

“Não basta cuidarmos das pessoas no curto prazo e reconstruirmos o que tínhamos da forma como era. Vamos precisar apontar um horizonte e o futuro do estado com a capacidade de animar os próprios gaúchos e o Brasil”, explicou Leite durante a entrevista coletiva no novo Centro Administrativo de Contingência, espaço adaptado para abrigar parte da estrutura e dos servidores do Poder Executivo estadual, deslocados do Centro Administrativo Fernando Ferrari, um dos prédios públicos da capital gaúcha atingidos pelas inundações e alagamentos.

“Temos um grande desafio de coordenação entre todos os agentes [públicos envolvidos], o setor privado, a sociedade civil, as prefeituras e o governo federal. Tenho absoluta confiança de que estaremos à altura do que o momento histórico nos exige. Assim como sempre falamos sobre a enchente de 1941, no futuro, nos livros de História, vão falar da enchente de 2024. E temos a obrigação de estarmos à altura do que o momento histórico nos exige”, afirmou o governador Eduardo Leite.

Agência Brasil

Inscrições para o concurso de Quadrilhas Juninas de Petrolina encerram neste domingo (19)

As inscrições para participar do Concurso de Quadrilhas Juninas de Petrolina encerram nesse domingo (19). Os 10 grupos selecionados se apresentarão no dia 8 de junho, no Ginásio do Sesc.

Para se inscrever é preciso enviar um e-mail para [email protected], e anexar a documentação solicitada disponível no edital.

O Concurso de Quadrilhas Juninas busca incentivar, valorizar e preservar as tradições nordestinas. Além de troféu, as três primeiras quadrilhas receberão um prêmio em dinheiro, que somados chegam ao valor de R$ 22.000,00.

G1 Petrolina

123